Club de
São Carlos

CAMPANHA AGOSTO LIÁS

Postado em: 01 de Agosto de 2019 por Rotaract Club de São Carlos

No mês que a Lei Maria da Penha completa 13 anos de sua promulgação dia 07 de Agosto, passando a ser um marco no combate a violência contra a mulher, o Rotaract Club de São Carlos realiza a 1° Campanha Agosto Lilás, tem como principal objetivo levar as informações necessárias sobre a Lei Maria da Penha e as formas de combate à violência contra a mulher, situação que atinge índices alarmantes.
O Brasil ocupa o 5º lugar entre os países mais violentos do mundo no que se refere à violência doméstica contra mulheres. Cada dia mais denúncias relativas ao tema chegam à Justiça brasileira. Dados do CNJ (Conselho Nacional de Justiça) apontam que o número chega a quase um milhão, sendo dez mil casos de feminicídio.
Com a campanha, a entidade pretende ajudar na criação de uma nova cultura, de uma nova realidade que estabeleça a igualdade de tratamento e de poder entre homens e mulheres, igualdade essa que requer também a adoção de políticas públicas eficazes à transformação social. 
Objetiva-se a realização de ações de mobilização, palestras, debates, encontros, panfletagens, eventos e seminários, visando sensibilizar a sociedade sobre a violência doméstica e familiar contra a mulher e divulgar a Lei Maria da Penha no município de São Carlos, estendendo-se as atividades durante todo o mês de agosto, para o público em geral.
Em parceria da PMSC, apoiaremos em palestras que serão realizadas em diversos pontos do município no decorrer do mês de Agosto. Além disso, busca-se elaborar e divulgar materiais informativos amplamente em redes sociais e demais meios de comunicação.
Não menos importante, o Rotaract busca por intermédio do Poder Público, que seja criada Lei Municipal, visando instituir e regulamentar a Campanha Agosto Lilás no Município de São Carlos;
Como denunciar
A denúncia de violência doméstica pode ser feita em qualquer delegacia, com o registro de um boletim de ocorrência, ou pela Central de Atendimento à Mulher (Ligue 180), de forma anônima e gratuita, disponível 24 horas, em todo o país. A maioria das prefeituras também oferece centros de atendimento, que acolhem as mulheres em situação de violência.

Fotos

Reuniões Sábado | 19:00
Rua Manoel Klauck, Cep: 8-